Posts Marcados concessionárias

Como vender de novo para os mesmos clientes

É muito mais caro conquistar novos clientes do que manter ativos os que são frequentes.
Contatar os clientes ativos, ocupa apenas o tempo que seria ocioso e, pode detectar, oportunidades de vendas, até então, inimagináveis.

Vendedor competente é o que vende mais de uma vez para o mesmo cliente.
Vender a segunda vez para o mesmo cliente é tornar-se um consultor automotivo resiliente.
Faça uma lista das famílias e plante várias árvores genealógicas.

Realize um encontro de impacto (workshock)
para “cutucar” o pessoal e reavivar as vendas, agora!

Informações sobre agendamento, valores e condições por e-mail:
avalconsultoria@avalconsultoria.com.br

Como Vender de Novo para os Mesmos Clientes

Anúncios

, , ,

Deixe um comentário

Entrega Explicativa de Automóveis

Mais uma contribuição minha para o mercado automotivo:
e-book Entrega Explicativa de Automóveis.

Aproveitar o momento da entrega do veículo, para buscar novas vendas.
Este, entre outros, é um dos bons motivos para você ler este e-book.

Vendas direto no site:
http://universidadeautomotiva.com.br/produtos/detalhe/3/ebooks

Entrega Explicativa de Automóveis

, , , ,

Deixe um comentário

Como aumentar a lucratividade dos veículos usados.

Hoje, o negócio de vendas de veículos usados está melhor que os novos.
Mas, se não vender os novos, não entram usados no mercado.
Uma coisa puxa a outra, logo vira uma crise, de um lado ou de outro.
É cíclico, já aconteceu outras tantas vezes.
Esta não é a primeira crise e, também, não será a última.

Como aumentar a lucratividade

Realize um encontro de impacto (workshock)
para “cutucar” o pessoal e reavivar as vendas, agora!

Informações sobre agendamento, valores e condições por e-mail:
avalconsultoria@avalconsultoria.com.br

, , , ,

Deixe um comentário

Quem perde vendas é porque não sabe vender.

O simples fato do cliente ir até a loja de veículos, significa que 50% da venda está feita.
Cabe a empresa possuir um bom sistema comercial junto com uma equipe de vendas
que tenha habilidades para fechar os 50% restantes.

Nenhuma empresa pode se dar ao luxo de “desperdiçar” oportunidades de vender.
Vendedor de veículos não é mais um mero “tirador de pedidos”, tem que ser “fechador de vendas”.

Quem Perde Vendas é Porque Não Sabe Vender

Realize um encontro de impacto (workshock)
para “cutucar” o pessoal e reavivar as vendas, agora!

Informações sobre agendamento, valores e condições por e-mail:
avalconsultoria@avalconsultoria.com.br

http://www.avalconsultoria.com.br
12 3145 5100

, , , ,

Deixe um comentário

Frases do Autor – Sobre o Negócio – 07

Automóvel Quer Vender_FraseDoAutor_07

http://universidadeautomotiva.com.br/produtos/detalhe/1/livros

, , , , , ,

Deixe um comentário

Frases do Autor – Sobre o Automóvel – 05

Automóvel Quer Vender_FraseDoAutor_05

http://universidadeautomotiva.com.br/produtos/detalhe/1/livros

, , ,

Deixe um comentário

BONS NEGÓCIOS – SHOPPING CENTER DE CARROS USADOS

Várias lojas, serviços de apoio, financeiras e um enorme e
variado estoque de veículos expostos sob um mesmo teto.

Quem ainda não teve a oportunidade de visitar um desses enormes shoppings centers, que vendem exclusivamente veículos usados, não sabe a sensação inusitada que está deixando de experimentar. É no mínimo curiosa, mas vale a pena sentir, mesmo que você não esteja pensando em comprar um carro mais novo ou mais usado no momento. Mais dia menos dia, você ainda vai comprar um carro num auto shopping.

É muito raro ver um carro zero quilometro nesse ambiente, mas ainda assim, caso queira, sob encomenda qualquer um dos lojistas atenderá seu pedido. Para automóveis, comerciais leves e motocicletas novas, existe apenas um auto shopping exclusivamente para concessionárias oficiais de marcas, todas com prestação de serviços mecânicos e peças (pós-vendas) no próprio local, que fica em São Paulo, qualquer outro auto shopping é exclusivamente de veículos usados.

A proliferação desses grandes centros de comercialização de carros usados, não é mais uma tendência e, sim, uma exigência de mercado que se profissionaliza, se organiza e se consolida cada vez mais.

Essa moda começou em Belo Horizonte no final de 1994 (há quase 20 anos), com a inauguração do Shopping Portal (27 lojas/ 1.000 carros) num grande edifício de quatro andares, onde funcionava uma concessionária Volkswagen.

Em Brasília, cidade dividida por setores de atividades econômicas, já possuía o setor das concessionárias. Para concentrar a atividade de venda de veículos usados, o governo do Distrito Federal, criou e estabeleceu numa gigantesca área a Cidade do Automóvel, agrupando em várias quadras (quarteirões) uma quantidade expressiva de revendas multimarcas, um imenso auto shopping a céu aberto com vida própria.

Em São Paulo, são vários os shoppings centers de carros. O Auto Shopping Global (55 lojas/ 1.500) é um verdadeiro ícone e uma referência “global” em projeto, arquitetura e estrutura física, construída em local plano com um piso e subsolo, criado especificamente para a atividade.

O grande beneficiado é o consumidor, que tem à sua disposição em um único local, uma infinidade de opções de marcas, modelos, anos de fabricação, cores etc. Também, um leque de instituições financeiras, diferentes condições de pagamento, seguradoras, despachantes, acessórios, serviços de apoio e até lanchonetes.

Entre tantas alternativas de conforto, a que mais influência a visita e o fechamento de negócios são a segurança e confiança de comprar veículos em excelente estado de conservação e com garantia de procedência, em razão do código de ética e conduta que rege os estatutos dos auto shoppings.

A sensação inusitada que você sente é de perceber que entrou num shopping center, templo de consumo, passeou por algumas horas, comeu um lanche e curtiu olhar para um monte de automóveis exatamente iguais aos que estavam estacionados lá fora ao lado do seu carro. A diferença é que os de dentro estão incrivelmente reluzentes, com ofertas incríveis e prontos para entrega imediata. Se quiser, deixe seu carro onde está e saia com outro mais novo ou com um mais velho e o troco no bolso. Bons negócios!

, , , , , , , , ,

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: