Arquivo para categoria Serviços

PARADA DURA

Perda de freio ou direção endurecida quando o carro está em movimento, tanto uma como outra, é uma situação difícil de ocorrer, mas não rara.

É uma situação que ocorre na maioria das vezes em carros mais antigos, isto porque a idade, a quilometragem acumulada e a falta de tecnologia, acabam refletindo no desgaste natural dos componentes e, consequentemente, maior possibilidade de quebras, rompimentos e vazamentos de fluidos.

Os veículos que não possuem o sistema de direção assistida (elétrica ou hidráulica) não estão sujeitos ao endurecimento, pois já são duras originalmente. Normalmente as pessoas já estão acostumadas com a direção “pesada”, principalmente em manobras com o veículo quase parado.

O mais importante, caso ocorra uma eventual pane, que acarrete nessa situação, não é saber ou lembrar da tecnologia ou mecanismo do seu veículo e, sim, como se safar de um iminente acidente.

Se o pedal de freio endureceu, aperte-o com força até sentir que ainda é possível frear mesmo que com reação lenta.

Se o pedal de freio afundou, ou seja, ficou mole e não reage é porque realmente não existe mais condições de frear com o acionamento do pedal.

Em ambos os casos, mantenha a calma, analise friamente a situação e com a mão direita acione levemente a alavanca do freio de mão, jamais puxando-a de uma vez como se estivesse estacionando e, procure buscar uma área de escape, ou seja, acostamento ou qualquer lugar vazio, para que possa para seu veículo sem riscos.

O freio de mão (estacionamento) é um sistema mecânico totalmente independente do sistema de freio (a vácuo) acionado pelo pedal e, portanto, podendo ser utilizado em qualquer circunstância.

No caso da direção endurecida, será apenas de uma direção mais dura de manejar, porém jamais acarretará na perda de controle total. Embora endurecida, continuará sendo possível dirigir.

Em hipótese, alguma mexa ou desligue a chave de ignição com o veículo em movimento, pois o mecanismo de travamento da direção poderá ser acionado e a dirigibilidade será bloqueada.

Evite, seja qual for a situação, fazer manobras bruscas estando na estrada ou vias de grande movimento.Pense nos veículos a sua frente, no sentido e atrás de você. Imagine que poderá causar um enorme estrago.

As causas para endurecimento da direção ou perda dos freios não são muitas, entretanto, dependem do bom funcionamento do motor, pois é ele que aciona os sistemas hidráulicos, elétricos, a vácuo e outros.shutterstock_7177600

Para finalizar, duas sugestões:

PREVENTIVA – mantenha seu veículo sempre em ordem, fazendo as revisões recomendadas, verificando frequentemente os níveis de água, óleo e fluidos, calibragens e regulagens, não esquecendo de checar periodicamente as pastilhas e regulagens do freio.

ATIVA – dirija com cautela e sempre dentro dos limites permitidos. Ultrapasse somente com total visibilidade e segurança. Esteja o tempo todo atento. Observe qualquer sinal de irregularidade. Ninguém conhece melhor seu veículo que você mesmo. Pare imediatamente se qualquer “luzinha” do painel acender ou perceber eventual “tossida” do motor. Vá até o primeiro posto de combustível e procure ajuda.

Se acontecer o imprevisto, mantenha a calma e conduza seu carro para um lugar seguro.

Anúncios

, , ,

Deixe um comentário

Como pagar todas as contas com o lucro do pós-venda

É hora de preparar seu pessoal produtivo para envolvê-los numa revolucionária e inovadora gestão ainda mais lucrativa da oficina. As vendas de veículos estão em marcha lenta e para manter a velocidade média dos negócios, o pós-venda pode e deve ser acelerado. As pessoas estão cuidando mais da manutenção de seus veículos, pois estão prolongando cada vez mais o tempo de trocar de carro.

Realize um encontro de impacto (workshock)
para “cutucar” o pessoal e reavivar as vendas, agora!

Informações sobre agendamento, valores e condições por e-mail:
avalconsultoria@avalconsultoria.com.br

Como pagar todas as contas com o lucro do pós-venda

, , ,

Deixe um comentário

BONS NEGÓCIOS – SHOPPING CENTER DE CARROS USADOS

Várias lojas, serviços de apoio, financeiras e um enorme e
variado estoque de veículos expostos sob um mesmo teto.

Quem ainda não teve a oportunidade de visitar um desses enormes shoppings centers, que vendem exclusivamente veículos usados, não sabe a sensação inusitada que está deixando de experimentar. É no mínimo curiosa, mas vale a pena sentir, mesmo que você não esteja pensando em comprar um carro mais novo ou mais usado no momento. Mais dia menos dia, você ainda vai comprar um carro num auto shopping.

É muito raro ver um carro zero quilometro nesse ambiente, mas ainda assim, caso queira, sob encomenda qualquer um dos lojistas atenderá seu pedido. Para automóveis, comerciais leves e motocicletas novas, existe apenas um auto shopping exclusivamente para concessionárias oficiais de marcas, todas com prestação de serviços mecânicos e peças (pós-vendas) no próprio local, que fica em São Paulo, qualquer outro auto shopping é exclusivamente de veículos usados.

A proliferação desses grandes centros de comercialização de carros usados, não é mais uma tendência e, sim, uma exigência de mercado que se profissionaliza, se organiza e se consolida cada vez mais.

Essa moda começou em Belo Horizonte no final de 1994 (há quase 20 anos), com a inauguração do Shopping Portal (27 lojas/ 1.000 carros) num grande edifício de quatro andares, onde funcionava uma concessionária Volkswagen.

Em Brasília, cidade dividida por setores de atividades econômicas, já possuía o setor das concessionárias. Para concentrar a atividade de venda de veículos usados, o governo do Distrito Federal, criou e estabeleceu numa gigantesca área a Cidade do Automóvel, agrupando em várias quadras (quarteirões) uma quantidade expressiva de revendas multimarcas, um imenso auto shopping a céu aberto com vida própria.

Em São Paulo, são vários os shoppings centers de carros. O Auto Shopping Global (55 lojas/ 1.500) é um verdadeiro ícone e uma referência “global” em projeto, arquitetura e estrutura física, construída em local plano com um piso e subsolo, criado especificamente para a atividade.

O grande beneficiado é o consumidor, que tem à sua disposição em um único local, uma infinidade de opções de marcas, modelos, anos de fabricação, cores etc. Também, um leque de instituições financeiras, diferentes condições de pagamento, seguradoras, despachantes, acessórios, serviços de apoio e até lanchonetes.

Entre tantas alternativas de conforto, a que mais influência a visita e o fechamento de negócios são a segurança e confiança de comprar veículos em excelente estado de conservação e com garantia de procedência, em razão do código de ética e conduta que rege os estatutos dos auto shoppings.

A sensação inusitada que você sente é de perceber que entrou num shopping center, templo de consumo, passeou por algumas horas, comeu um lanche e curtiu olhar para um monte de automóveis exatamente iguais aos que estavam estacionados lá fora ao lado do seu carro. A diferença é que os de dentro estão incrivelmente reluzentes, com ofertas incríveis e prontos para entrega imediata. Se quiser, deixe seu carro onde está e saia com outro mais novo ou com um mais velho e o troco no bolso. Bons negócios!

, , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Blog do Amos Lee

A data de lançamento deste Blog é pura coincidência com o mesmo dia do meu aniversário.

Refleti muito sobre vários assuntos nestes últimos sessenta e três anos, também venho dando muita opinião desde mil novecentos e cinquenta. Só que ninguém se lembra e não sei se alguém sabe. Não me importa, nem me chateia.

Sei que influenciei muita gente, ajudei a formar o caráter e a forjar a personalidade de muitas pessoas. Não sei quem. Meus filhos com certeza que sim.

As vezes encontro pessoas que me dizem que servi de referência e de inspiração. Fico feliz em ser útil do jeito que vim ao mundo.

E, esta é a razão para fazer este blog. Vou continuar refletindo e dando opinião sobre vários assuntos, principalmente os relacionados ao setor automotivo, o qual desde que me conheço por gente, me identifico. Só que agora com esta ferramenta, pessoas que nem imagino onde estão ou quem são, saberão o que penso.

Se é para fazer o bem sem ver a quem, eu faço.

Amos Lee

, , , , ,

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: